Pimenta do Reino

A pimenteira-do-reino é uma planta originária da Índia, e introduzida no Brasil no século XVII pelos japoneses. A produção mundial de pimenta-do-reino nos últimos anos variou entre 300.000 a 400.000 toneladas anuais, sendo o Vietnã o maior produtor mundial (responsável por cerca de 35%), seguido por Indonésia, Índia e Brasil (responsável por cerca de 10%).

Segundo o IBGE, em 2012 a produção brasileira de pimenta-do-reino foi de 43 mil toneladas em 19,4 mil ha, destacando-se como produtores os Estados do Pará, Espírito Santo e Bahia, responsáveis por 75%, 15% e 9% da produção nacional, respectivamente, sendo 85% da produção exportada. Em 2013, o Espírito Santo atingiu produção de 6.728 toneladas numa área plantada de 2.383 ha da cultura.

Representa importante papel como forma de diversificação da atividade agrícola capixaba, principalmente familiar. O negócio passa por um cenário desejável quanto à comercialização e também com pesquisas específicas e maior assistência técnica pública e privada. O Espírito Santo apresenta condições edafoclimáticas favoráveis sendo o segundo maior produtor e exportador do país, devido sua excelente logística para o escoamento da produção.